Sobre a Teologia Sistemática

terça-feira, 10 de setembro de 2013


Bom dia amigos, resolvi explicar um pouco sobre o que é a Teologia Sistemática, pois agora os marcadores de assuntos deste blog usa termos dessa área da teologia.

O que é a Teologia Sistemática?

A palavra “teologia” vem de duas palavras gregas que significam Teos = "Deus” e Logos = “palavra”. Combinadas, temos a palavra “teologia”, que significa “estudo de Deus”.
A palavra “sistemática” se refere a algo que colocamos em um sistema. Teologia sistemática é, então, a divisão da Teologia em sistemas que explicam suas várias áreas. Por exemplo, muitos livros da Bíblia dão informações sobre os anjos. Nenhum livro sozinho dá todas as informações sobre os anjos. A Teologia Sistemática coleta todas as informações sobre os anjos de todos os livros da Bíblia e as organiza em um sistema: Angelologia. 

Isto é a Teologia Sistemática: a organização de ensinamentos da Bíblia em sistemas de categorias.

Áreas da Teologia Sistemática:

Teologia Própria é o estudo de Deus, o Pai. 
Cristologia é o estudo do Senhor Jesus Cristo. 
Pneumatologia (ou Paracletologia) é o estudo do Espírito Santo. 
Bibliologia é o estudo da Bíblia. 
Soteriologia é o estudo da salvação. 
Eclesiologia é o estudo da igreja. 
Escatologia é o estudo do fim dos tempos. 
Angelologia é o estudo dos anjos. 
Demonologia Cristã é o estudo dos demônios sob uma perspectiva cristã. 
Antropologia Cristã é o estudo da humanidade. 
Hamartiologia é o estudo do pecado.

A tradição protestante de exposição temática e ordenada de toda a teologia cristã (ortodoxia protestante) surgiu no século XVI, com os Loci Communes de Filipe Melanchton e as Institutas da Religião Cristã de João Calvino.

Com a organização do blog de acordo com a Teologia Sistemática, ficará mais fácil localizar os assuntos.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

3 comentários :

Postar um comentário